VAI SER EXPOSTA A MÚMIA RESGATADA DO LIXO

Ta-Iset terminou a sua longa viagem, de mais de 21 séculos, na sala de um museu de França, onde agora pode ser visitada e apreciada por todos. Ta-Iset tinha 4 anos quando morreu no Egito e, na viragem para este milénio, alguém a deitou fora, em França. A múmia egípcia foi encontrada no ano 2000 no meio do lixo, na localidade francesa de Rueil-Malmaison, perto de Paris. Passados 16 anos de análises e restauração por uma equipa de egiptólogos, a múmia integra agora uma exposição temática, ajudando a decifrar a decoração dos sarcófagos, a descobrir as técnicas de embalsamamento e crenças fúnebres do Antigo Egito. Especialistas conseguiram ainda afirmar que Ta-Iset pertencia a uma família da classe média, que terá vivido entre os anos 305 antes de Cristo e 35 a.C.

Sabias que… Uma múmia é um ser humano ou animal cujos tecidos foram preservados por muito tempo depois da morte. As técnicas de embalsamamento variam muito de cultura para cultura.

por Sandra Simões

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *