TERRAMOTO DE 1755 FOI MAIOR QUE O DO JAPÃO

Em 2011, o Japão foi sacudido por um grande sismo, atingindo 8.9 na escala de Richter (a medida mais usada para avaliar situações sísmicas, sendo 10 o nível mais forte) e o país asiático ainda luta contra as consequências devastadoras.
No entanto, o terramoto acontecido no nosso país há 261 anos pode ter sido mais intenso e destruidor que qualquer outro conhecido. Esta é a opinião de Cristina Oliveira, uma investigadora da área e professora na Escola Superior de Tecnologia do Barreiro.
Esta especialista alerta que a História se pode repetir e alerta para a falta de conhecimento da população sobre catástrofes sísmicas. A localização do nosso país pode tornar toda a situação pior, bem como a impreparação das autoridades e da população.
A investigadora alerta também para o ciclo de grandes sismos, que habitualmente acontecem de 200 em 200 anos.
por Luís Grilo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *