Rita Redshoes, Luísa Sobral e muitos outros “refrescam” Festival da Canção

A RTP já deu a conhecer os 16 músicos que vão compor os temas que estarão a concurso no 51.º Festival da Canção, emitido em fevereiro e março do próximo ano. Cabe-lhes, também, a missão de escolher os respetivos intérpretes. As canções vão estar em competição no próximo Festival RTP da Canção, que decorrerá com duas semifinais e uma final (já marcada para 5 de março), todas em direto. A grande vencedora do concurso da estação pública vai representar Portugal na Eurovisão, que tem lugar em maio na Ucrânia, em Kiev.

Nova geração de músicos
A 51.ª edição do Festival da Canção conta com as criações de músicos como Rita Redshoes, Luísa Sobral, Noiserv (David Santos), João Só, Nuno Gonçalves (The Gift), Nuno Feist, Márcia, Samuel Úria, João Pedro Coimbra (Mesa), Nuno Figueiredo (Virgem Suta), Celina da Piedade, Jorge Fernando, Pedro Silva Martins, Héber Marques, Tóli César Machado e Pedro Saraiva.

Um festival com muita história

O Grande Prémio TV da Canção Portuguesa teve a sua estreia em 1964, com o objectivo de escolher, pela primeira vez, o candidato de Portugal ao Concurso Eurovisão da Canção (criado em 1956). A final contou com 12 canções, das 127 canções que se candidataram, interpretadas por António Calvário, Madalena Iglésias, Simone de Oliveira, Artur Garcia, Gina Maria e Guilherme Kjolner. A designação deste concurso foi sofrendo alterações ao longo dos anos, bem como a sua estrutura. Chegaram a ser escolhidas canções sem festival e houve anos em que Portugal não foi ao festival europeu. Ainda assim, Portugal é o país que participa há mais anos sem nunca ter vencido, tendo apenas nove canções ficado dentro do top 10 das posições finais.

por Sandra Simões

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *