PINGUIM COM UMA NOVA PATA DE PLÁSTICO

A tecnologia da impressão em 3D revoluciona a construção de próteses para membros externos, para pessoas e animais, como é o caso, desde 1 de junho, do pinguim Bagpipes da Nova Zelândia. Este animal, que teve de ser amputado por causa de uma rede de pescadores, foi acolhido pelo Centro Internacional Antártico de Christchurch. Em todo o mundo, os cientistas começam a procurar soluções com recurso à impressão em 3D, que cria objetos pré-desenhados no computador para depois serem realizados em plástico, graças à impressora. Mais uma história bonita de correção de uma ação humana sobre um animal, que agora já pode retomar uma vida normal.
por LPL

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *