ORGULHO EM SER PORTUGUÊS A MILHARES DE QUILÓMETROS

 

O concurso “Ser português”, do Real Canadian Portuguese Historical Museum, foi criado com o objetivo de incentivar os lusodescendentes (filhos de portugueses que nascem em países estrangeiros), no Canadá, a terem orgulho em serem portugueses. Participaram 30 alunos do primeiro e segundo ciclos do Ensino Básico, enquanto, do ensino profissional e universitário, participaram apenas quatro estudantes. A entrega de prémios já aconteceu, no Museu de Toronto. De acordo com a organização, os jovens lusodescendentes que participaram no concurso têm orgulho das suas raízes, em serem portugueses e viverem, dentro do possível, as suas tradições culturais.

Coração português

Isabel Domingos venceu o prémio destinado a estudantes universitários, dos 18 aos 22 anos, no valor de 500 dólares canadianos (cerca de 326 euros), enquanto Mónica Gomes Gonçalves, Vitória Saraiva Ferreira e Raquel Araújo Lima, alunas da Escola Lusitânia de Toronto, venceram a categoria destinada a alunos do primeiro e segundo ciclos do Ensino Básico, dos oito aos 12 anos de idade, com um prémio de 200 dólares canadianos (perto de 131 euros) cada. Para uma das vencedoras, Isabel Domingues (aluna de Tradução e Comunicação da Universidade de York, no norte de Toronto), ser português “é termos orgulho no país dos nossos pais, que também é o nosso, falarmos português em casa, gostarmos da cultura portuguesa e não termos vergonha de o assumirmos”, disse, explicando ainda que o seu trabalho abordou as dificuldades que os pais viveram durante a integração no Canadá, especialmente devido à língua, e o que lutaram para conseguir um emprego.

por Sandra Simões

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *