OBAMA FAZ HISTÓRIA AO VISITAR CUBA

A histórica reaproximação entre os países vizinhos, Estados Unidos da América e Cuba, tornou-se uma realidade possível em 2013, aquando do funeral de Nélson Mandela (revolucionário e antigo líder sul-africano). Desde 1962 que os dois países tinham cortado as suas ligações económicas e sociais (=embargo) por terem ideias e sistemas políticos opostos.

O primeiro sinal de abertura e de normalização das relações foi dado pelos atuais líderes das duas nações, Barack Obama e Raúl Castro e esta visita a Cuba, pelo Presidente dos EUA, representa uma mudança de atitude dos dois países, que procuram agora trazer a normalidade às relações e diminuir as tensões históricas entre países que distam cerca de 500 quilómetros. No entanto, os dois países enfrentam dificuldades no entendimento de questões de política internacional, de Direitos Humanos, militares, económicos e mediáticos.

por Luís Grilo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *