MEIO MILHAR DE VENEZUELANAS CONSEGUEM ABRIR A FRONTEIRA

Desde 19 de agosto de 2015 que a principal passagem entre a Venezuela e a Colômbia estava encerrada por ordem do presidente Nicolás Maduro, justificando a medida com o combate ao tráfico de droga e ao contrabando.

A Venezuela, país da América do Sul, vive uma grave crise económica e os alimentos e produtos básicos não chegam à população. Então, no passado dia 6,  meio milhar de mulheres forçou a passagem através da fronteira bem guardada pela polícia da Venezuela, para ir às compras à Colômbia.
Graças ao sucesso das 500 mulheres em romper o cerco policial, as fronteiras venezuelanas voltaram a ser abertas.

Por seu lado, os colombianos ofereceram transporte gratuito aos venezuelanos para irem aos supermercados e disponibilizaram as listas de preços em bolívares, a moeda venezuelana.
Os dois países começaram uma série de reuniões para melhorar o controlo fronteiriço e o combate ao crime organizado, que se aproveita da passagem entre Venezuela e Colômbia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *