Falham as pilhas na inauguração do Pop Galo

Quanto tudo parecia pronto para a inauguração da obra da artista plástica Joana Vasconcelos, o Pop Galo, faltaram as pilhas no comando e só pôde ser ligado à segunda tentativa. O Pop Galo é um gigantesco Galo de Barcelos em azulejo e luzes LED, que foi aceso no passado fim de semana, na Ribeira das Naus (Lisboa), de onde partirá no fim do mês para uma exposição na China.

A escultura tem 10 metros de altura e traduz a vontade dos portugueses serem modernos e inovadores, mas sem esquecer as suas raízes culturais. Foi criada para assinalar a amizade entre Portugal e o Rio de Janeiro, aquando da comemoração dos 450 anos da fundação desta cidade brasileira, no ano passado. Por vários imprevistos, o Pop Galo não chegou a “voar” para o Brasil e acaba por fazer a sua primeira aparição em Lisboa, na semana em que começa a Web Summit. De Portugal, o galo viajará de barco para Pequim e Xangai, celebrando o Ano do Galo na China.

por Sandra Simões

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *