EUROPA DEBAIXO DA CHUVA… EM JUNHO!

A primavera chegou e trouxe, para espanto de todos, uma catástrofe climatérica fora de época. Casas inundadas e estradas cortadas é a realidade europeia neste mês de junho, cinzento e chuvoso, com a Alemanha, a França e a Bélgica a serem os países mais afetados. Até o Museu do Louvre, que detém património arqueológico e artístico de extrema importância a nível mundial, como a Joconde de Leonardo da Vinci, foi alvo de evacuação de mais de 150 000 obras – naquela que é já considerada a pior inundação destes últimos cinquenta anos.

A lama que transbordou dos campos foi outro dos problemas que os bombeiros tiveram de enfrentar. Pouco comum em maio, as chuvas intensas vieram ocupar o lugar do sol primaveril e os danos materiais fizeram-se sentir. A juntar à questão económica, com todos os prejuízos referentes à destruição de infraestruturas, as estações do ano parecem estar a mudar. Isto representa um impacto do ponto de vista ecológico que abala, de forma grave, as interações entre os seres vivos e o meio ambiente.

Mas a Europa não é o único continente a sofrer estes fenómenos “fora de época”. Na América e na Oceânia a situação é igualmente preocupante.       

 por MS e LPL

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *