ELEIÇÕES NA SÉRVIA AFASTA EXTREMISTAS

Os cidadãos da Sérvia, país europeu cuja capital é Belgrado, votaram para eleger o seu primeiro-ministro em eleições legislativas. Estas foram antecipadas para permitir a adesão da Sérvia à União Europeia em 2020 e os votos foram para o primeiro-ministro que já estava em função.
Para poder entrar na UE, é preciso restruturar o país, tanto a nível económico, como na luta contra a corrupção e o desemprego. O êxito do Partido Progressista é uma vitória contra os extremistas do Partido Radical Sérvio. Estes extremistas consideram que muitos dos países da UE são inimigos, pensamentos que se podem considerar de datados, já que os governos mudam e os países evoluem sempre.

por Manuel Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *