BAILARINOS PORTUGUESES “DÃO CARTAS” LÁ FORA

Dois bailarinos portugueses foram selecionados entre 292 candidatos para participar, este mês, de 1 a 6, na 44.ª edição do Prix de Lausanne (Suíça), um dos mais importantes concursos de dança clássica a nível mundial. Margarida Canto e Castro Trigueiros representam, respetivamente, a Tanz Akademie, em Zurique, e a Escola da Companhia de Dança do Algarve. No ano passado, o bailarino Miguel Pinheiro, da Escola de Dança do Conservatório Nacional de Lisboa, foi distinguido em Lausanne com o prémio de Interpretação de Dança Contemporânea. Cinco bailarinos brasileiros também vão concorrer nesta competição.

Competição onde só entram os melhores

O Prix de Lausanne 2016 convocou 71 alunos, de 19 países, de entre os 292 candidatos oriundos de 36 países. Criada em 1973, esta competição é gerida pela “Fondation en Faveur de l’Art Chorégraphique” e destina-se a jovens bailarinos entre os 15 e os 18 anos, em fase final de formação, tendo-se afirmado como um dos mais prestigiados e respeitados concursos de dança a nível mundial, pelo nível de exigência que impõe. Ao longo de 40 anos, a maioria dos selecionados do “Prix de Lausanne” destacou-se em companhias como a Royal Ballet, o Ballet da Ópera de Paris e da Ópera de Zurique, o Nederlands Dans Theater, o New York City Ballet e o Ballet de São Francisco.

por Sandra Simões

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *