AMIGOS PARA A VIDA

Dizem que o cão é o melhor amigo do homem. E não se estranhe, porque é mesmo! Mas não só: o gato, o pássaro, o coelho, o peixe, a tartaruga, enfim… todos os animais domésticos podem ser grandes companheiros nos bons e maus momentos, estabelecendo com os seus donos um laço afetivo muito forte e incondicional, para o resto das suas vidas. Daí a importância de se acolher um animal com responsabilidade e com a consciência de que será por muitos anos, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, tal como mais um membro da família.

Se o verão é tempo de férias, sol, calor e muitas brincadeiras, in-

felizmente também é a época em que há mais abandonos destes

nossos amigos. E porque será? Os motivos podem ser muitos e variados: porque deixou de ser novidade e perde-se a paciência para cuidar e dar atenção, porque estão doentes ou velhinhos, porque se quer viajar para algum lado, etc. Mas tudo isto não justifica o seu abandono, porque há soluções alternativas a estes problemas, tais como: pedir ajuda a associações de amigos dos animais, recorrer a hotéis específicos ou a plataformas na internet de “pet sharing”, que funcionam como uma comunidade onde as pessoas se disponibilizam para tomar conta de animais.
Animal vem de anima, do Latim, que quer dizer alma. Um animal não é um brinquedo. Tê-lo não deve ser um entusiasmo do momento, nem um impulso porque os amigos ou familiares têm. É um compromisso em que se vai cuidar e estimar com afeto para sempre. É um amigo para a vida.

pet-sharing > www.purina.pt/petsharing
associações > www.mundodosanimais.pt/guia-ajuda-animal/associacoes/
lista de hoteis para animais > refugiodabicharada.com

CRÓNICA POR SARA VIDAL
foto © Herberto Smith 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *